Instituto Ativa Brasil

31/10/2014

Presidente do Instituto ATIVA é destaque no Jornal Diário do Comércio


Instituto Ativa distribuiu R$ 5 milhões em 12 meses

Por Daniela Maciel

Jornal Diário do Comércio – Publicado em 30 de outubro de 2014

Quase todo trabalho social feito por organizações não governamentais precisa de voluntários para que seja executado. Porém, convencer os cidadãos da seriedade da proposta e conseguir o número necessário de adesões não é uma tarefa fácil. Diante dessa realidade o então estudante de ciências da Computação Christiano Rocco pensou em uma forma de atrair a atenção de estudantes universitários para a causa do voluntariado. Começava ali, em 2006, a história do Instituto Ativa Brasil.

"Sempre fui engajado, me envolvi com o movimento estudantil e participei como voluntário em projetos de extensão. O primeiro projeto foi de inclusão digital e percebi que eu tinha uma vocação para a mobilização social. Foi, então, que surgiu a Associação Universidade Ativa. O objetivo era cadastrar estudantes como voluntários. O princípio básico era criar eventos culturais patrocinados pela iniciativa privada que cobrassem como ingresso uma doação e o cadastro das pessoas como possíveis voluntárias. Chegamos a ter eventos com mais de 30 mil pessoas. Tínhamos criado, assim, uma ferramenta social. Em três anos tínhamos três mil cadastros feitos", relembra Rocco.

Em pouco tempo o trabalho ganhou notoriedade e a entidade conseguiu desenvolver o primeiro projeto nacional batizado de Praça Ativa. Com o apoio de empresas multinacionais, rodaram o Brasil. Durante as visitas para conseguir patrocínio, o gestor se encontrou com representantes da empresa Sulamérica Seguros, que ofereceram a oportunidade da associação passar a ser beneficiária do resgate dos títulos de capitalização da empresa no Piauí.

"Junto com o resgate ganhamos espaço em mídia. Foi um sucesso. Conquistamos, pela primeira vez, uma verba permanente. Resolvemos não reinventar a roda e criar um projeto próprio. Desenvolvemos uma metodologia de apoio às entidades com trabalhos relevantes na região. Logo fomos convidados para desenvolver o mesmo projeto na Bahia e na Paraíba. Foi o ponto de virada da Associação. Há três anos nos transformamos no Instituto Ativa Brasil, mudamos o estatuto e recebemos o título de utilidade pública e de Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público)", explica o empresário social.

Depois disso a ação se espalhou por mais estados e essa se tornou a principal forma de trabalhar do instituto, que contratou uma empresa paulista que avalia e seleciona as entidades que serão auxiliadas. O próximo passo é que seja realizada e publicada a primeira auditoria externa do Ativa Brasil.

Além dos recursos distribuídos que, nos últimos 12 meses, alcançaram a marca de R$ 5 milhões para mais de 40 entidades regularmente, o Instituto oferece consultoria para as entidades interessadas, além de apoios financeiros pontuais. A meta é aumentar o montante em 20% em 2015. "Conhecemos trabalhos belíssimos e pessoas abnegadas, capazes de tirar comida de dentro de casa para doar, mas que têm poucos conhecimentos de gestão e por isso enfrentam muitas dificuldades. Algumas já conseguiram se regularizar e agora mantêm a atividade dentro de parâmetros sustentáveis. Nosso objetivo é ajudar a fortalecer e resgatar a credibilidade do terceiro setor", destaca.

Atividade profissional - Sem remuneração como presidente do Instituto Ativa Brasil, Rocco tem na promoção de eventos sua atividade profissional remunerada por meio da Conecte Inovação. Entre as ações promovidas pela empresa estão o Gastronomia na Praça e o Savassi Cultural. "Me sinto feliz e realizado com as duas atividades que, de alguma forma, são complementares. Quando me sinto cansado lembro de tanta gente que trabalha sem nenhum recurso pelo Brasil que ganho novas forças", afirma o empresário que garante não se render ao apelos da política partidária. "Já fui bastante assediado por partidos, principalmente fora de Minas Gerais, mas minha forma de fazer política é aqui no instituto. Considero que cada um tem uma vocação e a minha crítica ao nosso sistema político manda que eu me mantenha onde estou", completa.





NOSSA MISSÃO
NOSSOS OBJETIVOS
RELATÓRIO 2012
RELATÓRIO 2013
ESTATUTO
ALAGOAS
BAHIA
ESPÍRITO SANTO
GOIÁS
MINAS GERAIS
PARÁ
PARAÍBA
PERNAMBUCO
PIAUÍ
FACEBOOK
TWITTER
FALE CONOSCO
Instituto Ativa Brasil

Por uma sociedade mais justa, inclusiva e sustentável.

Política de Privacidade
© Todas as fotos e imagens são registradas e de uso do Instituto Ativa Brasil. Texto disponível por Creative Commons Licence.