Escola Ativa

POSTAGENS ANTERIORES

18/09/2013

Terceiro dia Escola Ativa!


Mais um dia maravilhoso na escola Luterana Concórdia, em Simões Filho!

Hoje o dia foi inteiro das crianças. Conheci as turmas dos 4º e 5º anos das professoras Maria Emília e Ana Rita.

As crianças participaram de forma intensa e alegre e as professoras abraçaram o projeto com toda força! E o mais legal de tudo é que todas as professoras da escola estão aplicando nas demais turmas as atividades do projeto Escola Ativa.

Na parte da manhã, com a turma do 4º ano de “pro Maria Emília” (como falam aqui na Bahia), fomos para debaixo da bela Mangueira que fica no pátio da escola para conhecer e fazer a leitura da Cartilha do Aluno. As crianças mostraram que estão bastante inteiradas com  os temas abordados. Falamos muito sobre CONVIVÊNCIA como ferramenta para a educação ambiental. Afinal, para cuidar do meio ambiente é necessário sensibilidade, educação, amor e respeito ao próximo.

Após o momento no pátio tivemos um breve intervalo para o lanche e fomos às atividades lúdicas. Assistimos ao filme do Calango Lengo, como base para o assunto, Água de Beber. Pedi às crianças que levassem para casa uma cartolina e usa-la para a atividade sobre a “Coroa da Lagoa”. Trata-se do bairro onde moram e foi construído em volta de uma lagoa, onde os moradores pescavam e se banhavam. Hoje, infelizmente, a lagoa está poluída, quase sem vida. Pedi que entrevistassem os avós ou vizinhos mais velhos como fonte de informação para realizar a atividade de casa. Nesse contexto usarão o “intercâmbio entre gerações” como ferramenta para a educação ambiental.  Encerramos a parte da manhã com a dinâmica da água para a compreender a disposição de água no planeta e o quanto ainda temos de água potável para o consumo humano. Após um papo “massa” e “cabeça”, nos despedimos com muitos abraços.

Com a turma da tarde, o 5º ano da “pro Ana Rita” não foi diferente em termos de carinho e recepção. Mas quis fazer um pouco diferente, por ser uma turma com idade diferente. Conhecemos as cartilhas através de um bate papo e dicas de como respeitar o meio ambiente e cidadania. “ Realizamos atividades como “Todo mundo é igual, mas também é diferente”; “Não faça com o outro o que não deseja que seja feito com você”;” Dinâmica da Água” e ainda assistimos ao filme Calango Lengo, junto com mais uma turma que foi nos visitar em sala. Para casa pedi que também entrevistassem os mais velhos, mas dessa vez, para descobrir coisas sobre plantas medicinais (são chamadas aqui na Bahia de “chá de folha”). Além disso, terão que levar no dia seguinte uma muda de erva, dados sobre a planta, como exemplo, o uso medicinal na cultura popular e uma garrafa pet para seu plantio, pois faremos um jardim suspenso de ervas na escola.

Fechamos o dia com muita alegria e disposição para o próximo encontro.

Psiu: Mais uma vez recebi um almoço de primeira, típico baiano, mas dessa vez feito na escola pela merendeira Neide. Ontem o banquete baiano foi na casa da diretora Leci... Ôxe! Assim venho morar na Bahia de vez!

Danielle Terra