Escola Ativa

POSTAGENS ANTERIORES

13/09/2013

Escola Ativa embarca para mais uma aventura!


Escola Ativa em Simões Filho, BA

Depois de ter se aventurado nas cidades de Três Rios e Jacareí o projeto Escola Ativa irá para Simões Filho, Bahia. 

Estamos ansiosos para conhecer a escola modelo e toda comunidade escolar!

Logo mais iniciaremos nosso diário de bordo com muitos relatos e curiosidades!

Até mais!

Dani.







17/08/2013

praça ativa


maceió - AL

desenvolver atividades de preservação ambiental, saúde e cultura nas praças de maceió/al., através de ações ligadas as escolas públicas do bairro.
angelmendoncagomes16@hotmail.com






07/06/2013

Quinto dia na escola Beatriz Junqueira


Diário de Bordo

Ufa! Chegamos ao ultimo dia do projeto Escola Ativa na escola Beatriz Junqueira. Já fiz amizade com toda a escola e as crianças de todas as turmas já sabem meu nome. Quando estão todas juntas na hora do recreio me olham com curiosidade e fico pensando: Será o que passa naquela cabecinha? Sei que é coisa boa, afinal, sorriso sincero estampado no rosto só é sinal de coisa boa...

Pela manhã foi uma correria danada! Professora Marília, a turminha do 4º ano e eu, saímos disparados para organizar tudo para o evento de inauguração do projeto “Escola Ativa é a escola que coloca o lixo no lugar certo” e a “Primeira Feira de Trocas Beatriz Junqueira”.

Passado um tempinho, o pátio já estava empipocado de criança e professores. Mais de 300 pessoas. Aí eu gelei! A escola parou para ver o que queríamos dizer. E falamos, mostramos o que foi feito, as lixeiras prontas, a composteira pronta, os trabalhos feitos pelos alunos espalhados pelas paredes da escola, as antiguidades do professor Hélio mostrando como era antes da energia elétrica, os trabalhinhos das outras turmas... e eu ali, engasgada com tanta emoção.

Na parte da tarde foi a mesma coisa. Todas as crianças da escola tomaram conta do pátio. As professoras Marília e Sonia falaram da satisfação de ter participado diretamente do projeto, diretora Erica mostrou o ar da graça e iniciamos a Feira de Trocas!

Daí por diante foi só emoção! Muita emoção mesmo!  Quando vimos todas as crianças compartilhando seus brinquedos, roupas e sapatos, a alegria e satisfação que sentiam após a troca,  percebemos que ali nascia um evento que vai se repetir. Crianças mais carentes tiveram a oportunidade de trocar seu objeto por outro que talvez não pudesse comprar, como uma menininha que trocou um brinquedinho simbólico por uma calça jeans novinha! Ela ficou numa felicidade só!

As professoras marcaram até data para fazer feira de trocas entre elas! Já falaram inclusive de se entender a feira para toda a escola uma vez no mês e mais tarde, um evento em nível de bairro e porque não, em nível de município. É possível, meninas!

Como sempre o dia passou ligeiro na Escola Ativa. Despedi-me das crianças, ganhei muito abraço e beijo (tive que dar até autógrafo na Cartilha, virei celebridade em uma semana!), saí das duas salas de aula segurando o choro. Quanta gente bacana conheci em tão pouco tempo. Despedi-me das professoras, meninas da cozinha e da faxina que se tornaram grandes companheiras Escola Ativa, dei um abraço bem apertado em nossa orientadora pedagógica, Elenice, abracei todos da secretaria e claro a Erica, nossa diretora tão querida. Érica vestiu a camisa e se comprometeu em tornar cada vez mais sua escola em uma Escola Ativa.

Agora é só aguardar para conferir as novidades que escola enviará pra gente postar aqui no blog! 

Se felicidade tivesse outro nome seria, GRATIDÃO. É assim que me senti ao sair da escola. Agradecida e contente. 

Um grande abraço. 

Nos veremos em breve. 

Danielle Terra, educadora ambiental do projeto Escola Ativa. 

Um beijo 







06/06/2013

Quarto dia na escola Beatriz Junqueira, Jacareí - SP


Diário de Bordo

Mais um dia que passou rapidinho na escola Beatriz Junqueira. Também com tantas atividades divertidas ao lado da criançada, o tempo voa!

Hoje nós iniciamos o dia Escola Ativa avisando as demais turmas sobre o evento de inauguração do projeto “Escola Ativa é a escola que coloca o lixo no lugar certo” e sobre a “Primeira Feira de Trocas Beatriz Junqueira”. Para isso, tanto na parte da manhã quanto a tarde, dividimos a turma em duas e passamos de sala em sala com as crianças.

No intervalo do recreio fizemos outra vez a "Patrulha da Limpeza" e deu certo. O recreio terminou e fomos conferir a carinha de alegria das meninas da limpeza: estavam bem satisfeitas com o resultado e elogiou os alunos. O pátio estava limpinho. Sem lixo no chão. Acho que todos entenderam o recado!

Em seguida fomos reformar as latas de lixo que já estavam na escola, mas não eram usadas corretamente. Eliminamos o Verde = Vidro e o Amarelo = Metal, pelo fato de a escola não produzir este tipo de lixo. Assim teríamos mais lixeiras disponíveis para papel, plástico e orgânico, já que são mais frequentes principalmente na hora do intervalo. Reformamos ainda uma lata para pilhas. As crianças criaram os rótulos para as lixeiras. Fizeram lindas artes. Todo tipo de lixo produzido na escola será separado e destinado para o local onde será reciclado, reduzindo em 80% o lixo destinado para o lixão da cidade. Enquanto nós trabalhamos em sala de aula, a diretora Erica, ativa como ela só, já busca o contato na comunidade de pais de alunos e emporesas que recolhem plástico, papel, óleo e pilhas. 

Além disso tudo vamos implantar também um sistema alternativo para coletar água da chuva. O latão já está sendo providenciado. Cada professor irá confeccionar lixeiras ecológicas para colocar nas salas de aula e também na secretaria e cozinha.

A todo o momento professoras das outras turmas vinham mostrar que também estavam empenhadas desenvolvendo atividades para sensibilizar suas crianças. Isso é muito legal.

Finalizamos a etapa das lixeiras e fomos ver os rapazes enviados pela prefeitura para cavar o buraco da nossa composteira. Estava quase pronto. Enquanto não terminavam fomos criar nosso canteiro de ervas. As crianças plantaram mudas de alecrim, guaco, melissa, capim-cidreira, hortelã, poejo, além das sementes de ameixa e abacate que foram encontrando na horta. Fizeram a maior festa! Depois de plantar fomos conhecer mais um pouco sobre as espécies e seu uso dentro da medicina popular. 

Lá na horta tivemos o prazer de conhecer o seu Joaquim. Pessoa linda. Conhecedor das árvores, muito sabido sobre as coisas da terra. Seu Joaquim tem como missão zelar pelo bem da horta comunitária e pela alegria dos que passam por ali.

Fizemos nosso canteiro e fomos conhecer a tão esperada composteira. Fizeram um buracão! Vai poder ser bem usada pelas meninas da cozinha. Vão jogar ali todo lixo orgânico e a terra irá se encarregar por transformar restos de alimentos em adubo e assim alimentar as plantas. Bonito isso, né?  Todos os dias crianças irão acompanhar o processo. Farão rodízio entre as turmas, assim toda escola poderá ter acesso e entender como funciona. 

Para fechar recebemos a visita dos pais que queriam informações sobre a feira de trocas. A escola Beatriz Junqueira matem uma relação muito próxima com a comunidade. Isso é muito positivo.

Em fim, fomos embora depois de muito trabalho e satisfação. Saímos da escola sujos de tinta e terra, mas com cheirinho bom de alegria e esperança.

E a melhor parte é que amanhã tem mais.

Danielle Terra, educadora ambiental do projeto Escola Ativa.







05/06/2013

Terceiro dia do Escola Ativa em Jacareí


Escola Beatriz Junqueira - Diário de Bordo

Os dias têm sido produtivos na escola Beatriz Junqueira. Cada vez sinto o envolvimento maior de toda a escola. Professores das demais turmas, independente de terem sido sorteados para receber o projeto em sala de aula estão desenvolvendo atividades com seus alunos. 

Sem falar as professoras Marilia e Sônia (professoras das duas turmas do 4º ano sorteadas - manhã e tarde) que abraçaram o projeto com toda força! Nossas crianças estão tão empolgadas com o projeto que estão até fazendo faxina na hora do recreio!

Hoje o dia iniciou com a visita dos alunos do 4º ano nas outras salas para convida-los para participarem do evento de inauguração do projeto "Escola Ativa é a escola que coloca o lixo no lugar certo". Aproveitamos para falar da Feira de Trocas. Cada criança levará na sexta, um objeto que não usa mais para trocar entre os colegas. 

Logo chegou o recreio da turma da manhã e nos deparamos com a prova concreta de que já estava mais que na hora desse projeto chegar na escola...No final do recreio o chão do pátio estava coberto de cascas e bagaço de mexerica pocam. As crianças simplesmente ignoraram os latões de lixo. 

Foi nesse momento que nossa patrulha da limpeza entrou em ação! Foram lá e limparam o pátio! Os alunos da manhã varreram a sujeira. Os alunos da tarde, já sabendo do ocorrido, se preparam para abordar e chamar a atenção do coleguinha de outra turma que jogasse o lixo no chão. Deu certo, mas independente do autor da arte, os alunos do 4º ano cataram todo o lixo do pátio e ainda separaram as sementes da pocam para plantio na horta comunitário no dia seguinte. No final do intervalo ainda varreram o pátio, colaborando com as meninas da limpeza. 

Após o intervalo as crianças elaboraram perguntas para a atividade Eco-reporter. Foram convidadas para a entrevista uma representante de cada setor da escola: professora, faxina, secretaria, diretoria e cozinha. As perguntas foram direcionadas a cada responsável e anotadas pelos alunos para um posterior diagnóstico. Através disso descobrimos os erros a certos da escola e alternativas para melhorias. Falamos também de como a escola pretende dar continuidade ao projeto de seleção do lixo. Sentimos firmeza nessa continuidade. 

No final elaboramos cartazes lindos sobre coleta seletiva para decorar a escola durante o evento de inauguração. Para fechar fizemos a dinâmica "Todo mundo é diferente", para lembrarmos que respeitar a diferença e opinião do outro também faz parte da educação ambiental. 

Estou muito contente com o empenho de toda a escola. Professoras, diretoras, meninas da cozinha, da faxina, da secretaria, nossa orientadora Elenice, os pais...em fim, todos estão de parabéns por aceitarem a transformação proposta. 

Gratidão. 

Danielle Terra, educadora ambiental do projeto Escola Ativa.